FALE COM A GENTE! 0800 707 0550

(54) 9 8135.6331 | (54) 3330.9600

landrin@landrin.com.br

PRAGAS

RATOS

De origem Asiática, os ratos se espalharam pelo mundo. Chegaram à América através de navios dos descobridores. São responsáveis por muitos prejuízos: Destroem até 10% da produção agrícola.
ESPÉCIES DE RATOS

Rattus novergicus
É a ratazana ou rato de esgotos. Habita encostas, é excelente nadador e pode entrar nas residências através das tubulações de esgoto e do vaso sanitário. Pesa em torno de 350g e é muito agressivo.

Rattus rattus
É conhecido como rato de telhados, devido a suas habilidades de escalar paredes, calhas, canos etc. Pesa aproximadamente 250g, corre muito e pode saltar até 1,5 m de altura e 2,5m de distância.

Mus musculus
É o camundongo. Pesa em torno de 35g e atua numa área de 5 m da sua toca. Pode passar por pequenos orifícios, come muito pouco, mas causa muitos estragos, devido ao hábito de experimentar tudo que existe na sua área de ação. É muito curioso.


CARACTERÍSTICAS

Os ratos têm a visão pobre, são cegos para as cores, vêem tudo em preto e branco. Porém, tem muito desenvolvidos os sentidos do olfato, tato, audição e paladar. Com exceção do camundongo, que gosta de experimentar coisas novas, porém se alimenta pouco de cada coisa, os demais são muito desconfiados de alimentos estranhos. Geralmente se alimentam pouco na primeira ingestão e se por acaso ficarem doentes, associarão isso ao alimento e não irão mais ingeri-lo.


RATICIDAS

Pela razão da desconfiança dos ratos com os alimentos, não é tão fácil envenená-los. Os raticidas mais eficientes são os elaborados com princípios ativos da segunda geração, entre eles o Brodifacoun, e ainda que atendam o exigente paladar dos ratos. Estes princípios ativos atuam pelo efeito acumulativo e sua ação ocorrerá entre 6 e 13 dias após o inicio da ingestão. Assim, quando os ratos perceberem os efeitos do produto, já estarão contaminados e isso os levará à morte.


DOSES

Um rato de 250g precisa ingerir 1,3g de isca
formulada com 0,005% de Brodifacoun para morrer.
Já um camundongo de 25g precisa ingerir apenas 0,2g da isca.



Fonte: Lorini, Irineu at all. Armazenagem de grãos. Instituto Bio Geneziz; Campinas, 2002. p. 661.

 

 

Veja Também